Sábado, 20 de Julho de 2024
22°

Tempo nublado

Maceió, AL

Polícia Maceió

Polícia Científica apreende celular durante operação contra pedofilia e zoofilia

Aparelho vai ser examinado pelo Instituto de Criminalística de Maceió

28/06/2024 às 15h46
Por: Julita Bittencourt Fonte: Assessoria
Compartilhe:
Foto: Ascom Polícia Científica
Foto: Ascom Polícia Científica

A Polícia Científica de Alagoas, através do setor de perícias de crimes de informática do Instituto de Criminalística de Maceió, participou de uma operação de busca e apreensão de materiais informáticos suspeitos de crimes de pedofilia e zoofilia.

A operação, realizada na quinta-feira (27), foi coordenada pelo delegado Robervaldo Davino, titular do 6º Distrito Policial e da Delegacia de Crimes Ambientais, e teve como alvo uma casa no bairro da Serraria, Maceió. 

O chefe do Instituto de Criminalística de Maceió, perito criminal Charles Mariano, explicou que durante a operação, os policiais científicos realizaram uma perícia em loco visando dar o flagrante no material apreendido.

O item recolhido, um aparelho de celular smartphone, será encaminhado pela Polícia Civil para a Polícia Científica, onde passará por exames complementares nos laboratórios.

"A participação do setor de perícias de crimes de informática é crucial para garantir que todas as evidências sejam corretamente coletadas e analisadas, garantindo a integridade da investigação. Esses crimes são uma ameaça grave à sociedade e exigem uma resposta coordenada e eficaz," afirmou Charles Mariano.

O chefe do ICM destacou, ainda, que as Polícias Científica e Civil de Alagoas, atuam sempre de forma integrada, com a colaboração de diferentes unidades de cada instituição, para combater crimes complexos como a pedofilia e a zoofilia. As investigações continuam e mais detalhes sobre o caso devem ser divulgados após a conclusão dos exames periciais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários