Sábado, 20 de Julho de 2024
22°

Tempo nublado

Maceió, AL

Entretenimento Cultura

10ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas inicia nesta sexta; saiba detalhes

O evento acontece no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso

11/08/2023 às 12h10
Por: Redação
Compartilhe:
SECOM
SECOM

Tem início na tarde desta sexta-feira (110 a 10ª edição da Bienal Internacional do Livro. O maior evento cultural e literário do estado abrirá as portas do Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no bairro de Jaraguá, em Maceió, às 16h, quando será realizada a solenidade de abertura. Em seguida, a partir das 18h, a feira estará liberada ao público. O evento é gratuito.

Cerca de 400 mil visitantes são esperados para acompanharem a programação da Bienal 2023, além desse número, outros expressivo trata dos novos livros desta edição: serão mais de 300 lançamentos durante o evento, sendo cerca de 100 apenas da Editora da Universidade Federal de Alagoas (Edufal).

As salas Tamarindo, Pitanga, Mangaba, Siriguela, Ipioca, Jatiúca e tantas outras dispostas no Centro de Convenções também já aguardam o grande público para assistir e participar das mais de 20 palestras, 80 mesas-redondas e os mais de 10 tipos de oficinas que foram planejadas para o maior evento cultural e literário do estado, além de conversas com autores, espetáculos musicais e muito mais.

Estarão presentes na abertura o reitor da Universidade Federal de Alagoas, Josealdo Tonholo; o governador de Alagoas, Paulo Dantas; a coordenadora geral da Bienal, Sheila Maluf; a Cônsul-geral da Argentina no Recife, Julieta Grande, dentre outras autoridades que deverão participar deste momento que vai marcar o retorno da Bienal para os alagoanos e alagoanas depois de quatro anos, com um hiato de dois, em 2021, por conta da pandemia da covid-19.

O retorno está carregado de ansiedade, a coordenadora geral do evento falou sobre as expectativas para a atual edição: “São as melhores possíveis, estamos em contagem regressiva para este grande evento. Vamos fazer um descerramento simbólico das fitas que terão as cores da bandeira de Alagoas e, a partir das 6 da Tarde, a abertura para o público em geral que contará também com espaços instagramáveis para fazer fotos e muitas mais atrações”, explicou a professora Sheila Maluf, coordenadora geral da 10ª Bienal de Alagoas.

Convidados, homenagens e mais

Para marcar o retorno da Bienal, a equipe preparou a vinda de nomes marcantes, tais como Ailton Krenak, Itamar Vieira Junior, Kabengele Munanga, Paula Pimenta, Carlos Ruas, Carla Akotirene, e tantos outros. Além disso, Alagoas também terá homenagens especiais, tanto na figura de Jorge de Lima – com palestras e espetáculos –, além de Nise da Silveira e do cineasta Cacá Diegues, que será patrono desta edição do evento.

Vale destacar ainda que, para esta edição, a décima, a Bienal escolheu como país homenageado a Argentina, trazendo um espaço dedicado à comercialização de livros de diferentes editoras do país, com destaque para publicações e coleções da UNR Editora, que é a editora da Universidad Nacional de Rosário (UNR), e da HyA Ediciones, editora da Faculdade de Humanidades e Artes da mesma instituição.

Mas a Argentina também terá convidados presentes, tais como: Nicolás Manzi, diretor da UNR Editora, membro da Comissão diretiva da Câmara Argentina do Livro (CAL); Rubén Chababo, que atualmente dirige a HyA Ediciones e esteve à frente do Museu da Memória da Cidade de Rosário e do Museu Internacional para a Democracia; e Andrés Tzeiman, doutor em Ciências Sociais, mestre em estudos sociais latino-americanos e professor da Universidad de Buenos Aires (UBA).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários