Presos da operação Flashback II são transferidos do sistema prisional de Maceió para Presídio do Agreste

Policiais penais do Grupamento de Escolta, Remoção e Intervenção Tática (Gerit), da Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (SERIS), realizaram neste sábado (1) a operação de transferência de 13 presos que estavam no sistema penitenciário de Maceió para o Presídio do Agreste, em Girau do Ponciano, interior de Alagoas. 

Os presos são suspeitos de integrar facções criminosas investigadas pela operação Flashback II, que cumpriu mandados em Alagoas em mais 10 estados, na terça (28). 

A transferência mobilizou 40 policiais penais e contou com o apoio do grupamento aéreo da Polícia Militar que acompanha o comboio. As cinco mulheres que foram presas durante a operação permanecem no Presídio Santa Luzia, em Maceió. 

A operação Flashback II cumpriu 216 mandados de prisão, busca e apreensão e mobilizou mais de 1.000 policiais nos estados onde aconteceu. Do total de mandados judiciais expedidos, 101 foram em Alagoas. Desses, 80 foram expedidos na capital Maceió. 

Nesta sexta-feira (31), mais uma prisão foi feita pela operação Flashback II. Um dos alvos foi preso, no estado do Mato Grosso do Sul (MS. A prisão ocorreu durante uma abordagem realizada pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE).

A primeira fase da Operação flashback ocorreu em novembro de 2019, quando foram cumpridos 110 mandados e 81 pessoas foram presas, sendo que 34 deles também foram transferidos para o Presídio do Agreste.

Informações: ASCOM SERIS

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Conteúdo relacionado