Close
MENU
MENU

 

Na última quarta-feira (3), Jair Bolsonaro sancionou, sem vetos, a lei que limita os gastos para as campanhas de prefeitos e vereadores. 

 

Para debater o assunto e entendê-lo, em entrevista ao portal, o  Dr. Marcelo Brabo, explica a nova lei aplicada para os vereadores. 

 

Nas novidades da medida, há o fim da coligação proporcional, onde o partido terá que colocar a 150% do número de cadeiras, tendo que concorrer sozinho, sendo proibido concorrer com coligações como vinham sendo feitas em várias eleições. “Só que isso traz algumas consequências, como a distribuição do fundo partidário, onde esse valor tende a chegar só em partidos grandes, fazendo com que partidos menores não tenham apoio e notoriedade”, aponta Marcelo.

 

Com a nova lei não terá mais votos ao partido, agora, será diretamente aos candidatos. Também determina que é permitido o candidato usar recursos próprios para sua campanha desde que não ultrapasse 10% do limite de gasto previsto para o seu cargo.

A RÁDIO QUE TOCA NOTÍCIA.
© 2019 CBN MACEIÓ. Todos os Direitos reservados. Desenvolvido Por