Covid-19: hidroxicloroquina e azitromicina serão usados para pacientes suspeitos em AL

A Sociedade Alagoana de Infectologista (SAI), apresentou na tarde desta quinta-feira (7), uma proposta de um novo método ambulatorial das síndromes gripais, que tem como objetivo qualificar o atendimento dos casos de covid-19 na fase mais precoce da doença, com uso da hidroxicloroquina com Azitromicina.

Esteve presente na reunião o Secretario da Saúde do Estado de Alagoas, Alexandre Ayres, por vídeo conferência o governador Renan Filho e o secretario municipal de saúde, José Tomaz Nonô.

Em entrevista exclusiva para o nosso podcast ‘Acontece em Alagoas’, o presidente da SAI, Fernando Maia, explicou mais sobre como será feito o uso da cloroquina está sendo indicado aos pacientes com sintomas característicos de coronavírus.

“O intuito é orientar os médicos na prescrição correta do tratamento. Já usamos hidroxicloroquina em tratamento de malária e lupo, e como já havia indícios da ação anti-viral, e começou a ser usada em outros países e teve resultado favorável.

O uso da cloroquina (ou hidroxicloroquina) também está indicado tanto para malária, lupo, e agora recomendado para pacientes com suspeitas, estando na fase inicial da doença.

Em outros lugares do Brasil e do mundo já fazem uso do tratamento, por isso resolvemos nortear os médicos da rede pública e privada aqui no estado de Alagoas”, explicou Dr. Maia.

Com a nova medida adotada, os especialistas prevê um congelamento na evolução da doença, assim evitando a internação dos pacientes e consequentemente diminuindo o número de pessoas internadas.

“A ideia é disseminar a informação para os pacientes que ainda estão na fase inicial e que possam ser tratados, e assim podendo ser evitado que o paciente evolua de forma grave, porque de forma grave é preciso de internação hospitalar, uso de respeitador, UTI e corre o risco de morte. O objetivo desse tratamento precoce é evitar que a doença se agrave e o tratamento é para ser feito em casa, assim evitando a internação”, disse o presidente.

Acesse aqui a entrevista na íntegra: https://open.spotify.com/episode/4uQu6PoAcIJ8IP2L6TXv7o?si=HpDSDT2OTS2A6dGqMHNyNw

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Conteúdo relacionado